PT | EN

Proteger a sua empresa de ataques informáticos

Hoje em dia a atividade da maior parte das empresas passa, praticamente a 100%, por meios informáticos. Por isso mesmo a sua indisponibilidade devido a ataques pode ter consequências nefastas. Torna-se assim imperativo preparar a sua empresa para evitar que seja vítima de um destes dramas.   Origem dos ataques informáticos Podemos classificar os ataques informáticos a empresas como podendo ter uma de duas origens. Empresas concorrentes e indivíduos ou grupos organizados que lançam ataques em massa. Na primeira categoria encontram-se empresas concorrentes à sua que, maliciosamente, por via de um ataque informático, tentam causar-lhe dado. Podem também haver outras motivações envolvidas como o roubo de dados sensíveis para a área de negócio em questão, para assim poder ganhar vantagem face à sua empresa. Neste caso trata-se de um ataque direcionado especificamente a si. O segundo conjunto de pessoas contempla indivíduos ou grupos organizados que lançam ataques em massa pela rede, sem nenhum alvo especifico. O seu objetivo é lançar vários ataques, de forma, mais ou menos, aleatória e ter sucesso com uma parte deles. Neste caso as empresas menos bem protegidas terão o maior impato, enquanto nas outras poderá não ter nenhum efeito significativo.   Consequências esperadas As consequências de um ataque informático podem ser bastante variadas. A maior parte das vezes causam uma indisponibilidade do sistema informático da empresa o que, só por si, já poderá trazer perdas avultadas. Como já foi referido, no início deste artigo, a atividade da maior parte das empresas, atualmente, passa pela utilização de meios informáticos. Assim, se estes não estiverem disponíveis, o mais provável é que a sua atividade fique parada. Por outro lado, muitas vezes os ataques visam também comprometer dados das empresas. Dados de clientes, informações bancárias, dados de fornecedores, entre outros. Estes dados podem depois ser usados para vários fins, como para ser vendidos ou aproveitados para a imagem da sua empresa. Podem até ser usados para fazerem chantagem e forçando-o a pagar um determinado valor se os quiser voltar a reaver. Esta técnica foi usada recentemente com os ataques ransomware.   Como se proteger A maioria das vezes os sistemas informáticos são comprometidos por falha humana. Abrir um anexo de um email, visitar um site, descarregar e executar um ficheiro, pode ser o suficiente para infetar o seu sistema informático. Um dos grandes pontos de propagação de vírus é precisamente o email. Por isso mesmo deve ter todo o cuidado ao abrir anexos ou seguir ligações que estejam no corpo de um email. Particularmente se não conhece a pessoa que o enviou, ou algo lhe parece estranho, deve ter todo o cuidado. Visitar um site em que descarregue e execute algum ficheiro também deverá ser um procedimento muito seletivo. Descarregue ficheiros apenas de sites oficiais que conheça. Por exemplo, se procura um determinado programa, não o descarregue de um site que não seja o oficial.   Conclusão Os ataques informáticos são cada vez mais frequentes nas empresas. Assim, torna-se importante proteger a sua empresa, principalmente através da adoção de hábitos seguros, por parte de todos os seus funcionários.
2019 Webhouse.pt | Todos os direitos reservados.
Política Privacidade | Resolução de Conflitos | Uso de Cookies
Livro Reclamações
Criado com  por Webhouse.pt
Contacto no Whats App
Eu aceito
Este website utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao prosseguir com a navegação, está a concordar com a sua utilização. Saiba mais