PT | EN

Search Engine Optimization (SEO)

A maioria das empresas subestima a visibilidade de seus sites. Mas pense nisto. Se o seu site não é altamente visível, ninguém o irá visitar. Se ninguém visita o seu site, por que gastar tanto dinheiro a conc

17 janeiro, 2019 Webhouse.pt Webhouse.pt webhouse.pt

A maioria das empresas subestima a visibilidade de seus sites. Mas pense nisto. Se o seu site não é altamente visível, ninguém o irá visitar. Se ninguém visita o seu site, por que gastar tanto dinheiro a concebe-lo?

 

Nós, na Webhouse, levamos com sucesso muitos negócios à 1ª Página do Google, com 90% deste projectos assistirem a um aumento no tráfego orgânico em pelo menos 500%. É exatamente assim que estamos comprometidos quando se trata de ajudar os nossos clientes a gerir os mecanismos de busca.

 

O que é SEO?

A otimização de mecanismos de pesquisa (SEO) é essencial como estratégia de longo prazo para as empresas impulsionarem a posição de seus sites em resultados de pesquisa não pagos ou orgânicos. Um site com melhore classificação obtem necessáriamente maior visibilidade, devido ao aumento do tráfego do mecanismo de pesquisa a custo zero.

 

A importância do SEO é evidente com o crescente número de utilizadores que procuram o que precisam na Internet, sejam produtos, serviços e todo tipo de informação. Como tal, a melhor maneira de gerar um volume de pesquisa elevado sem esgotar o seu orçamento é através de um site optimizado, com boas hipóteses de obter tráfego a partir de motores de busca orgânicos com uma colecção correcta de palavras-chave.

 

Temos o conhecimento técnico e os recursos para otimizar seu site para que ele possa ser localizado de forma rápida e fácil por meio de palavras-chave e frases relacionadas com a sua empresa. Os Nossos serviços abrangentes de SEO também incluem análise de concorrentes e pesquisa de palavras-chave para que você tenha as informações necessárias para manter sua empresa competitiva.

 

Com os algoritmos de motor de busca em constante aprimoramento, a nossa equipa está sempre a par das últimas tendências e tecnologias para garantir que entregamos resultados eficazes e qualificados!

A internet desenvolve-se e renova-se ao micro segundo, tornando a verdade de agora, informação desatualizada daqui a minutos, horas ou dias. Daí que todas as informações presentes neste artigo são consideradas válidas e atualizadas à data da sua publicação.

Artigos Recentes

Proteger a sua empresa de ataques informáticos

Hoje em dia a atividade da maior parte das empresas passa, praticamente a 100%, por meios informáticos. Por isso mesmo a sua indisponibilidade devido a ataques pode ter consequências nefastas. Torna-se assim imperativo preparar a sua empresa para evitar que seja vítima de um destes dramas.   Origem dos ataques informáticos Podemos classificar os ataques informáticos a empresas como podendo ter uma de duas origens. Empresas concorrentes e indivíduos ou grupos organizados que lançam ataques em massa. Na primeira categoria encontram-se empresas concorrentes à sua que, maliciosamente, por via de um ataque informático, tentam causar-lhe dado. Podem também haver outras motivações envolvidas como o roubo de dados sensíveis para a área de negócio em questão, para assim poder ganhar vantagem face à sua empresa. Neste caso trata-se de um ataque direcionado especificamente a si. O segundo conjunto de pessoas contempla indivíduos ou grupos organizados que lançam ataques em massa pela rede, sem nenhum alvo especifico. O seu objetivo é lançar vários ataques, de forma, mais ou menos, aleatória e ter sucesso com uma parte deles. Neste caso as empresas menos bem protegidas terão o maior impato, enquanto nas outras poderá não ter nenhum efeito significativo.   Consequências esperadas As consequências de um ataque informático podem ser bastante variadas. A maior parte das vezes causam uma indisponibilidade do sistema informático da empresa o que, só por si, já poderá trazer perdas avultadas. Como já foi referido, no início deste artigo, a atividade da maior parte das empresas, atualmente, passa pela utilização de meios informáticos. Assim, se estes não estiverem disponíveis, o mais provável é que a sua atividade fique parada. Por outro lado, muitas vezes os ataques visam também comprometer dados das empresas. Dados de clientes, informações bancárias, dados de fornecedores, entre outros. Estes dados podem depois ser usados para vários fins, como para ser vendidos ou aproveitados para a imagem da sua empresa. Podem até ser usados para fazerem chantagem e forçando-o a pagar um determinado valor se os quiser voltar a reaver. Esta técnica foi usada recentemente com os ataques ransomware.   Como se proteger A maioria das vezes os sistemas informáticos são comprometidos por falha humana. Abrir um anexo de um email, visitar um site, descarregar e executar um ficheiro, pode ser o suficiente para infetar o seu sistema informático. Um dos grandes pontos de propagação de vírus é precisamente o email. Por isso mesmo deve ter todo o cuidado ao abrir anexos ou seguir ligações que estejam no corpo de um email. Particularmente se não conhece a pessoa que o enviou, ou algo lhe parece estranho, deve ter todo o cuidado. Visitar um site em que descarregue e execute algum ficheiro também deverá ser um procedimento muito seletivo. Descarregue ficheiros apenas de sites oficiais que conheça. Por exemplo, se procura um determinado programa, não o descarregue de um site que não seja o oficial.   Conclusão Os ataques informáticos são cada vez mais frequentes nas empresas. Assim, torna-se importante proteger a sua empresa, principalmente através da adoção de hábitos seguros, por parte de todos os seus funcionários.

Devo investir no Google Adwords?

Se procura obter mais clientes para o seu negócio, a resposta curta a esta pergunta é: Sim, provavelmente. Neste artigo iremos analisar, em primeiro lugar, em que consiste concretamente o sistema de anúncios da Google e como é o seu funcionamento. Depois abordaremos a eficácia destes anúncios tendo em vista o investimento.   O que são Adwords? Provavelmente já deve ter reparado que, ao procurar por determinado termo no Google, aparecem, no topo dos resultados de pesquisa, um conjunto de ligações com a designação "Anúncio". Este conjunto de anúncios correspondem, precisamente, a empresas que possuem ativo o serviço do Adwords da Google. Assim, estas investem um determinado valor para que o Google coloque em destaque o seu website quando um utilizador faz uma pesquisa relacionada com os bens ou serviços comercializados por esta.   Eficácia dos anúncios Google Um aspeto importante para qualquer empresário, antes de ponderar investir nos anúncios da Google é perceber qual o retorno que estes podem dar. Regra geral a eficácia destes anúncios é bastante elevada. Hoje em dia o Google é o motor de busca mais popular, utilizado mundialmente sempre que um consumidor procura adquirir um determinado produto. Assim, ocupar um lugar de destaque nos resultados de pesquisa da Google, torna-se uma vantagem muito significativa face à concorrência. Outro fator importante, para analisar em conjunto com a eficácia, é o custo envolvido. A vantagem é que estes são inteiramente flexíveis. Isto significa que é o empresário que escolhe quanto quer gastar. Não existe um valor fixo. Quanto mais investir, mais vezes o seu anúncio será mostrado. Por oposição, se investir um valor mais baixo, o seu anúncio será mostrado menos vezes.   Como começar a utilizar O Google Adwords usa uma plataforma bastante completa para a configuração dos seus anúncios. Na verdade, o facto de ter um potencial enorme e ter muita informação, pode tornar a sua utilização complexa para utilizadores menos experientes. Por este motivo, muitas vezes os empresários contratam este tipo de serviço junto de empresas especializadas como a Web House que disponibiliza um serviço específico de campanhas adwords. A vantagem desta abordagem é que não necessitam de despender o tempo, significativo, necessário para perceber o funcionamento da plataforma e configura-la para utilizar de forma mais otimizada o seu orçamento.   Um exemplo prático Para este exemplo consideremos um empresário da área da manutenção de aparelhos de ar condicionado. Se este investir no Adwords poderá escolher que o seu anúncio seja mostrado quando alguém pesquisa no Google por "manutenção ar condicionado", "avarias ar condicionado", "reparar ar condicionado", entre outras expressões. Assim, sempre que alguém fizer uma busca com uma destas expressões (keywords), o seu website aparecerá num lugar de destaque. O número de vezes que o seu anúncio aparecerá estará relacionado com o orçamento que definiu para a sua campanha. Um orçamento superior significa que aparecerá mais vezes do que se definir um orçamento inferior. Terá também acesso a um conjunto de estatísticas para ir acompanhando o comportamento e eficácia do seu anúncio.   Conclusão O Google Adwords pode dar ao seu negócio um verdadeiro impulso. Ao colocar em destaque o seu website, quando os seus potenciais clientes procuram por opções no motor de busca mais utilizado mundialmente, estará a distinguir-se da concorrência. Poderá assim obter mais contatos de interessados e, consequentemente, aumentar o seu volume de vendas.

Como escolher o seu próximo smartphone?

O mercado de smartphones tem hoje para oferecer um vasto leque de modelos para quem pretende adquirir um novo smartphone. Esta diversidade pode complicar a escolha, principalmente a utilizadores menos conhecedores das características técnicas destes equipamentos. Neste artigo procuramos dar uma ajuda para que possa direcionar a sua escolha, na hora de comprar um novo smartphone.   Definir orçamento A primeira decisão que deve tomar na escolha de um novo smartphone é a de estipular qual o seu orçamento para essa compra. Um dos problemas habituais é não haver essa definição inicial o que alarga demasiado a escolha e, muitas vezes, leva o comprador a despender bastante mais dinheiro do que seria necessário. Ao definir o seu orçamento está, de imediato, a focalizar a sua escolha eliminando diversas opções por serem muito acima do valor que definiu. Por outro lado, poderá também eliminar todas as opções que sejam significativamente abaixo do seu orçamento, conseguindo assim direcionar, ainda mais, a sua escolha.   Caraterísticas mais relevantes Com a evolução extraordinária que os smartphones sofreram nos últimos anos, existem hoje modelos mais adequados a cada objetivo. O tempo em que os telemóveis serviam apenas para fazer chamadas e enviar SMS já ficou para trás. Hoje em dia existem modelos melhores para tirar fotografias, modelos melhores para trabalhar, modelos melhores para jogos, modelos com bateria mais duradoura entre outros. Assim, o próximo passo deverá ser pensar naquilo que é importante e útil para si no smartphone. Vai usa-lo para trabalhar? Tirar muitas fotografias? Joga muito? Estas são perguntas que deverá procurar responder para poder fazer uma escolha mais acertada. Relacionado com esta escolha está também um fator determinante: a escolha da dimensão do ecrã. Tendencialmente, os ecrãs dos telemóveis têm vindo a aumentar de tamanho, mas existe uma vasta gama de tamanhos da qual deverá escolher. Muitas pessoas preferem ecrãs maiores para poderem ver tudo de forma mais nítida, desde ler emails, por exemplo, consultar websites, entre outros. Por outro lado, alguns utilizadores preferem ecrãs de dimensões mais reduzidas, para o equipamento ser mais facilmente transportado no bolso.   Garantia e fiabilidade da marca Depois de definir o seu orçamento e as características concretas que valoriza num smartphone, é altura de comparar opções concretas. Nesta fase torna-se assim relevante analisar as marcas em si. Não só a garantia, mas a fiabilidade que esta tem demonstrado ao longo dos anos. A garantia é obrigatória por lei de ser de 2 anos, para todos os produtos vendidos dentro da União Europeia. No entanto, com a popularidade de alguns websites de compras fora da União Europeia (por exemplo o Ali Express), as políticas de garantia podem variar. Habitualmente, através destes websites é dado apenas um ano de garantia. Com respeito à fiabilidade da marca esta pode também ser um fator determinante. Têm surgido muitos fabricantes novos de smartphones para os quais ainda não existe nenhum histórico de fiabilidade, pelo que, a aposta nestas marcas pode comportar um risco acrescido. Por outro lado, a escolha de uma marca de referência no mercado, com um histórico de fiabilidade mais alargado, pode trazer alguma segurança adicional.

Jogos para smartphone - uma indústria de 62 biliões de euros

Parece difícil de acreditar mas o mercado dos jogos para smartphone gerou o ano passado 70.3 biliões de dólares (cerca de 62 biliões de euros). Neste artigo propomos um olhar sobre esta área que tem vindo a conquistar pessoas de forma constante. Pessoas essas cujo perfil talvez lhe cause admiração. Mais de 55 anos é a faixa etária com maior parte dos jogadores. Surpreendido? Continue a ler.   Quem joga no smartphone? 2.1 biliões de pessoas jogam no seu smartphone com frequência. É um número impressionante que tem vindo a aumentar ano após ano. Além dessa clara tendência crescente tem-se assistido a uma modificação do perfil de jogador típico. O principal dado relevante é o crescimento exponencial dos jogadores do sexo feminino. Na verdade, hoje em dia, 63% dos jogadores são mulheres. Esta constituiu uma clara inversão daquilo que era um mundo habitualmente frequentado por homens. Com respeito à faixa etária dos jogadores, também se tem assistido a uma modificação ao longo dos últimos anos. Tem havido uma perda de importância dos jogadores mais novos, em favor dos jogadores mais velhos. Em 2018 apenas 8% dos jogadores tinham idade entre 13 e os 17 anos, enquanto os jogadores com mais de 55 anos eram 23%. Quer seja para passar o tempo, procurar distração ou entretenimento, a verdade é que os jogos para smartphone têm vindo a conquistar pessoas a um ritmo raro de se ver noutras áreas de consumo.   Jogos para todos os gostos e carteiras Dois fatores frequentemente apontados como responsáveis pelo crescimento deste mercado são a diversidade de jogos existentes, bem como, o facto de terem um baixo preço ou serem gratuitos. Por um lado, a grande oferta de jogos permite que haja jogos para todos os gostos. Podemos dizer que há jogos interessantes para todo o tipo de pessoa, com todo o tipo de interesses e capacidades. Jogadores ocasionais com pouca experiência de jogos ou pessoas que gostam de jogar desde que surgiram as primeiras consolas, encontrarão jogos que se adequem aos seus gostos pessoais. Outro aspeto muito relevante, que tem contribuído para a massificação dos jogos para smartphone, é o facto do seu custo ser baixo ou gratuito, a maior parte das vezes. Esta caraterística torna os jogos facilmente acessíveis a toda a gente. Qualquer pessoa pode simplesmente experimentar um jogo e remove-lo se não gostar. Tudo isto sem nenhum processo complicado nem custos relevantes. Por oposição ao mercado tradicional das consolas, em que a pessoa necessita adquirir a consola (que já tem um preço avultado) e depois os jogos (também com um preço relativamente elevado), jogar no smartphone é incomparavelmente mais fácil e barato.   Conclusão O mercado dos jogos para smartphone tem vindo a crescer de forma sustentada ao longo dos últimos anos e a proporcionar rendimentos a quem investe no desenvolvimento deste tipo de aplicações de smartphone. Os dois fatores que em muito contribuíram para isso são a grande diversidade de jogos, bem como, o seu preço acessível ou, muitas vezes, gratuito. Isto tem permitido uma massificação dos jogadores cujo perfil típico tem vindo a mudar, nomeadamente com o surgimento do interesse por parte das mulheres nesta área e das pessoas de uma faixa etária mais avançada.

Quanto custa fazer um website em Portugal?

Esta é uma pergunta frequentemente formulada por quem procura criar uma presença online através do desenvolvimento de um website. Na verdade, a maior parte das pessoas, particularmente de áreas não relacionadas com informática, não tem uma noção sobre quanto custa o desenvolvimento de um website.   Como é o website que precisa? Este é um aspeto fundamental para poder estimar o preço de desenvolvimento de um website. Não é possível fazer uma estimativa sem saber, com algum detalhe, qual o tipo de website e conteúdo que este irá conter. O valor poderá variar muito, desde as centenas de euros até aos milhares, por isso, é necessário saber em mais pormenor como será o website. Naturalmente websites que necessitem de funcionalidades mais complexas tenderão a ter um preço de desenvolvimento mais elevado. Por outro lado, websites mais simples, apenas com texto e algumas imagens, tendencialmente terá um custo inferior. O desenvolvimento de um website de jogo e apostas online, por exemplo, cairá na primeira categoria referida acima. Por outro lado, um website institucional típico, com uma página de "Quem Somos", "Serviços" e "Contatos" já faria do tipo de websites com um preço tendencialmente inferior. A Web House poderá ajudá-lo em ambos os cenários, conheça mais detalhes na página do serviço de desenvolvimento de websites.   Empresas VS Freelancers Uma decisão importante que também deverá tomar é a quem pretende entregar o desenvolvimento do seu website. Esta decisão poderá também ter um impato no seu custo de desenvolvimento. Genericamente falando, neste aspeto as opções mais habituais costumam ser: uma empresa ou programador freelancer. A vantagem da primeira é que terá uma equipa dedicada ao desenvolvimento do seu projeto. Da equipa, além de programadores, podem também fazer parte designers, o que pode permitir uma abordagem mais profissional e completa ao seu projeto. Associado a uma qualidade de serviço superior, naturalmente, também é habitual estar associado um custo mais elevado. Com respeito à segunda opção, esta poderá ser menos dispendiosa, mas fica todo o seu projeto fica dependente apenas de uma pessoa. Obviamente, como em todas as áreas, haverá muito boas empresas e muito bons freelancers, pelo que, aqui a palavra chave é: procurar. Peça várias propostas e analise qual lhe parece mais vantajosa para si. Não deve olhar apenas ao preço mas ao profissionalismo e competência que cada empresa/freelancer lhe demonstrou.   Custos fixos anuais Além do desenvolvimento inicial do website, está sempre associado um custo fixo anual que o proprietário do website terá de suportar. Algumas pessoas desconhecem este facto mas este é um custo incontornável. Um website terá sempre de estar alojado nalgum servidor, e esse servidor terá um custo anual associado. Por outro lado, ao desenvolver um website também é imprescindível ter um domínio, do género omeunegocio.pt. Todos os domínios necessitam também de uma renovação com o passar do tempo. A maior parte das vezes esta renovação é anual. Agora as boas noticias, estes custos apesar de fixos costumam ser relativamente baixos. Habitualmente são pagos uma vez por ano e o seu valor raras vezes tem um peso significativo nas contas anuais de um negócio.   Conclusão O preço de desenvolvimento de um website pode ser bastante variável. Este está diretamente dependente do tipo e quantidade de conteúdo que o website terá. O mais aconselhável é que peça várias propostas diferentes para poder comparar e concluir qual é a mais vantajosa para o seu caso .
2019 Webhouse.pt | Todos os direitos reservados.
Política Privacidade | Resolução de Conflitos | Uso de Cookies
Livro Reclamações
Criado com  por Webhouse.pt
Contacto no Whats App
Eu aceito
Este website utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência mais personalizada. Ao prosseguir com a navegação, está a concordar com a sua utilização. Saiba mais